quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Brasil - A Roussef é só cagança.

Todos os governantes têm uma tendência para a cagança. O Sócrates, enquanto conduzia o país para a bancarrota, anunciava repetidamente que "Portugalo is the guinnes of the aeroliques". A presidenta do Brasil, a Roussef, com tanta miséria entre-portas, tem a cagança de anunciar que o Brasil está preparado para ajudar os países da Zona Euro.
Será este anúncio para os brasileiros pensarem que está "tudo legal"?

Fig. 1 - Os brasileiros têm as favelas por ser típico. Consta que são muito ricos.

Este texto também serve para agradecer aos irmãos Brasileiros que seguem este blog e que são cerca de 10% do total.

O Brasil é um país de pobres.
Nós, os portugas, achamos que vivemos mal. O ordenado líquido médio em Portugal é de 825€/mês (fonte: INE). Uma família que tenha dois salários não pode ter muitos luxos. Tem um apartamento num suburbio, um carrito, dois filhos na escola pública, faz uns dias de férias no Algarve.
Acha dificil viver com este ordenado? Agora, feche os olhos e imagine que o seu ordenado era reduzido para 380€/mês. É assim que se vive no Brasil.
Estes 380€/mês já têm em conta as diferenças nos preços (são valores em termos de Paridade de Poder de Compra, fonte: Banco Mundial).
Penso que agora já está claro porque tantos brasileiros vivem em construções abarracas. As favelas podem ser fotogénicas mas ao longe porque viver lá é terrível.
Para imaginar como se vive na China, reduza o seu salário para 260€/mês.
Mas a economia brasileira não está a crescer muito?
A economia brasileira cresce mas não é nada de extraordinário (+3.58%/ano). E 40% deste crescimento deve-se ao aumento da população activa (+1.52%/ano).
Se considerarmos o crescimento per capita, nos últimos 10 anos, o Brasil tem crescido à taxa de 2.43%/ano. Claro que, por comparação, cresce bastante mais que Portugal (+0.26%/ano)  mas a China cresceu 9.83%/ano (2000-2010, PIB pc, $ constantes, ppp, fonte: Banco Mundial). Em termos relativos, o Brasil está bastante pior que estava em 1980 onde o PIBpc ppp correspondia a 63% do PIB português e em 2010 corresponde a apenas 46% (ver, Fig. 2).

Fig.2 - Evolução económica do Brasil e Portugal (PIBpc ppp, $ de 2000, Banco Mundial)

Com estes diferenciais de crescimento, em 1980, o rendimento de um brasileiro era 14.4 vezes o rendimento de um chinês. em 2010 é 1.5 vezes, diferênca que, previsionalmente, estará anulada em 2016.
Os brasileiros acham que estão a crescer muito porque, entre 1980 e 1994, tiveram o PIB pc estagnado (crescimento médio de +0.23%/ano).

Como são os fluxos de poupança corrente no Mundo?
Em 2010, houve países que pouparam (tiveram a Balança Corrente positiva) um total de 1500 mil milhões de $ que emprestaram aos países que gastaram mais que o que produziram.
Do total de países, 10 países (onde vive 29.1% da população mundial) captaram 80% da poupança mundial (1200 mil milhões $) que também foram poupados por 10 países (onde vive 24.4% da população mundial).
Onde pensa que o Brasil está? Nos 10 que pouparam?
Não. Está nos 10% que gastaram mais do que têm. Absorve 2.5% da poupança mundial (38MM$).
Portugal mais a Grécia absorvemos 3.5% da poupança mundial (54MM$).

Fig. 3 - Fluxos de poupança corrente no Mundo (fonte: Banco Mundial)

Mas o Brasil está a investir muito. Não está?
Consta mas não corresponde minimamente à verdade.
O Brasil investe 17% do PIB enquanto que Portugal investe 20%.

A China investiu 43.1% do PIB em 2010. QUARENTA E TRÊS.
E poupou. Além deste investimento colossal, a China foi responsável por 20.6% da poupança corrente mundial (310MM€). E teve a tal taxa de crescimento per capita próxima de 10%/ano.
Em 2010, no Brasil a poupança global foi de 13.9% do PIB. Por cada 100$ de riqueza criada foram pedidos ao exterior 2.3$ e investidos 17.2€.
Na China, a poupança foi de 48.3% do PIB. Por cada 100$ de riqueza criada, foram emprestados ao estrangeiro 5.2$ e investidos mais 43.1$.

Afinal no que ficamos?
O Brasil é um gigante com pés de barro. Na realidade, não é nada do que a presidenta anuncia.
      1) O investimento é muito pequeno, dos menores do mundo.
      2) A taxa de crescimento per capita é 1/4 da taxa de crescimento da China.
      3) Mesmo investindo pouco, está-se a endividar rapidamente ao exterior.
É só cagança.
Pode ser muito bonito dizer que as politicas sociais estão a avançar, léu léu léu, blá, blá, blá mas isso foi o que aconteceu em Portugal e na Grécia.
Daqui a 15 anos, o Brasil vai estar como os PIIGS estão agora. Completamente Falido.

Fig. 4 - Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça. É ela menina que vem e que passa.

Os problemas do Mundo
Apesar de a Zona Euro ter 6 dos países que capturam mais poupança do mundo, globalmente não é um problema porque, tendo também 2 países (Alemanha e Holanda) que são responsáveis por 18.3% da poupança corrente mundial, a Zona Euro está equilibrada (2010, +0.35% do PIB).
Os problemas financeiros que o Mundo enfrenta hoje devem-se principalmente ao  12 países que absorvem 85% da poupança corrente mundial par 30% da população, incluindo-se o Brasil no lote dos problemas e não das soluções (ver Fig. 3).
Como seria bom para o Mundo se metessem rapidamente juízo nos governantes destes países. Ou se os povos destes países metessem governantes com mais juízo e menos conversa.

Pedro Cosme Costa Vieira

2 comentários:

Marcelo Villarie disse...

Se não fosse o seu tom de amargura e pessoalidade para com o Brasil e seu povo, eu acharia seu blog mais interessante... e seus dados são TOTALMENTE questionáveis!

Económico-Financeiro disse...

Estimado Marcelo, obrigado por ter lido este post. Estou sempre a tentar torna-lo mais interessate para cativar leitores interessados e críticos como o Marcelo. Os dados são do Banco Mundial e eu apenas os organizo numa forma mais(?) apelativa para o leitor. pc

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code