sábado, 5 de novembro de 2011

É o consumo que vai levar o Ocidente à Bancarrota

O consumo.

A generalidade das escolas de economia dos países OCDE ensina teorias erradas.
Se não ensinassemos nada, viviamos na ignorância. Em presença de uma crise, uns iam por um caminho e outros por outro, anulando-se. 
Como ensinamos teorias erradas, criamos uma geração de pessoas que indica um caminho errado para sair da crise.
Esse caminho é o do aumento do consumo.
Ouvir comentadores de economia na TV é ouvir uma intoxicação intelectual.
São discursos sem qualquer lógica. Sem qualquer racionalidade.
Deviam fazer uma viagem com o Duarte Lima até Saquarema.
A culpa da crise não é da Grécia nem de nenhum país em particular. A culpa é da lógica macaca.

Vamos ver se o estimado leitor resiste à lógica macaca.
O PIB, na óptica da despesa, é dado pela soma de 4 parcelas:

      PIB = Consumo + Investimento + Exportações - Importações                                   (1)

Nos países da OCDE, um euro de PIB divide-se em

      PIB = 0.8Consumo + 0.2Investimento + 0.3Exportações - 0.3Importações               (2)

Como nas crises económicas o Investimento e as Exportações diminuem então, para aumentar o PIB, é preciso aumentar o Consumo.
Parece uma boa argumentação. Isto convence.
Não se acha o estimado leitor convencido?
O Obama, o Sarkozy, o Berllosconi, etc. estão sempre a martelar com esta teoria:

MAIS CONSUMO, MAIS CONSUMO, MAIS CONSUMO, MAIS CONSUMO.

Fig 1 - Carinho, vem consumar que aumenta o PIB, o meu, em 500€. É despesa não, é multiplicador.

Onde está o erro da macaca?
Imaginemos a economia da nossa casa. Temos sempre presente a igualdade de equilíbrio:

      Rendimento = Consumo + Poupança                                                                       (3)

Então, se o meu rendimento diminuir, eu tenho que aumentar o Consumo.
Mas agora o estimado leitor já vê que isto não tem lógica nenhuma. Se eu aumentar o consumo em resposta à redução do rendimento vou à bancarrota.
Do lado do rendimento, eu tenho o meu ordenado que é independente do que eu consumo ou poupo.
O Consumo depende do rendimento mas o rendimento não depende do consumo.
Mas é a mesma argumentação que eu usei acima e que convence 99.9% do povo.

Contra-ataca a lógica macaca.
- Mas a despesa de umas pessoas é o rendimento das outras pelo que, ao nível de um país, a minha despesa não é de facto uma despesa mas apenas um fluxo financeiro em que o grande capital tem interesse em retirar da esfera do povo, da democracia, da auto-determinação económica do mercado expropriador do trabalho ...
Cala-te brojesso.

- Mas o BCE tem que emitir moeda porque tem essa capacidade e pode pagar a dívida de todos os países da Zona Euro. A Culpa é da Alemanha que não deixa ...
Cala-te abécula de dizer tanta asneira.

- O FMI foi pensado nos anos 1940 para combater as assimetrias das balanças correntes, como a China não é uma economia de Mercado então, criou desequilíbrios ...
Acabou. Se dizes mais alguma coisa dou-te um tiro.

Esta foi a técnica que o Kasparov tentou usar no seu jogo de xadrez contra o computador: complexar o jogo.
Eu uso esta técnica no meu judo: puxo para a direita, puxo para a esquerda, puxo para baixo, levanto, meto o pé ao joelho, rodo para um lado, rodo para o outro, vira, vira ,vira, vira.
Como não sei nada de judo (passei a amarelo "por ir certinho à aulas"), tenho que confundir o meu colega.
Atacar em todas as direcções.
- É culpa dos off-shores, das reduções dos salários, é do mister, falem com o Carlos Queiróz.
Pummm, vou ter que deitar o tapete fora.
E assim terminou a conversa entre o Rio de Janeiro e Saquarema.
Qual a verdade?
Também na equação do PIB, do lado esquerdo temos que ter a produção que se obtém pelo trabalho e pelo capital:

      PIB = f (Capital, Trabalho)                                                                                  (4)

Ora, para haver crescimento económico, como as pessoas não querem trabalhar cada vez mais, é obrigatório que se aumente a quantidade de capital.

Para aumentar o capital é preciso investir
E para poder investir é preciso poupar.
Peguei nos dados do Banco Mundial de todos os países no período 1980-2010. Calculei em cada década a média do crescimento e da poupança bruta. fiquei com 454 pontos.
Estimei um modelo linear usando WLS (uma estimação em que o ponderador é a dimensão) e obtive:

     Taxa crescimento do PIB =  -0.31 + 0.145 Poupança (% do PIB)                      (5)
      R2 = 73.8%

Fig. 1 - Relação entre poupança e Crescimento (dados: Banco Mundial)

Na banda a verde concentram-se 93% dos casos (pesos).
R2 = 73.8% quer dizer que as diferenças nas taxas de poupança líquida (mais uma parte das variáveis que lhe estão correlacionadas) explicam 73.8% das diferenças observadas nas taxas de crescimento dos países. As outras variáveis todas (escolaridade, recursos naturais, nível tecnológico, infraestruturas, localização,  cultura, etc.) só explicam 26.2%.

Onde está a OCDE
Em média, na década de 2000-2010, a poupança bruta na OCDE foi de 19.35% do PIB resultando um crescimento de 1.51%/ano. Para a OCDE voltar a ter crescimentos na ordem dos 3%/ano é preciso que a poupança bruta aumente para 35% do PIB.
Assim, é preciso reduzir o consumo de 80% do PIB para 65% do PIB.
É preciso reduzir o consumo em 20%.
Sem isso, o futuro dos países da OCDE é a bancarrota total.

Países da OCDE que estão a consumir o stock de capital
País      Tx.Poup.bruta     Peso no PIB da OCDE
GRC           9.9%                           6.0%
ISL            11.7%                          0.04%
USA          13.9%                         39.7%   Isto é gravíssimo pela sua dimensão
UK            14.5%                          6.0%
PRT           14.5%                          0.44%

Países da OCDE que estão a aumentar o stock de capital
País      Tx.Poup.bruta     Peso no PIB da OCDE
NOR           35.2%                            0.67%
Suiça           31.4%                            1.0%
KOR           31.3%                            6.0%
JPN             26,4%                          17.7% 

Taxa de poupança bruta na China 48.1%

O estimado leitor ficou confuso porque a Lógica da Macaca tem um enorme arsenal de justificações sem sentido.
É tal qual os vendedores de banha da cobra. Por mais que tentemos contra-argumentar, vamos ser enganados.
É como ter uma conversa com a sua namorada sobre as suas amigas.
Está perdido. Diga que está com uma forte dor de dentes. 

O da dor de dentes.
No Hospital
 - O senhor é o da dor de dentes?
 - Não sr. dr., vamos com calma que eu sou apenas dador de sangue.

Pedro Cosme Costa Vieira

2 comentários:

Anónimo disse...

http://www.dinheirovivo.pt/Economia/Artigo/CIECO020406.html

entao o brasil estava tao mal e isto

Anónimo disse...

Ó anónimo, até o link que cita me causa arrepios. Deve ser do frio. Leia outra vez o post do Pedro. Enquanto ele não é pago, nem paga, para dizer o que diz, temos de lhe dar crédito.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code