domingo, 4 de dezembro de 2011

Vamos hoje à terra da pescada, o Chile

Quando eu escrevi que era contra o direito à greve na função pública e nas empresas públicas, um comentador, de forma simples e educada, fez-me um desafio terrível: 
 - E um texto sobre o Chile?

Chile? N N N N N N à à ààO O O O O O O O O  o o o ...
Em 1973 houve o Golpe do Pinochet que liquidou o Allende.
E consta, dito pelos comunas, que o golpe introduziu o liberalismo económico que foi uma catástrofe económica e social.
Como as Soluções Ousadas para Reerguer Portugal que eu defendo são no sentido da diminuição da intervenção do Estado na economia então, o Chile vai-me tramar
O melhor é eu não falar da Chile.
Por isso, estimado leitor, desculpe mas vou esconder o que se passou no Chile.
Vou usar o argumento de que não há regra sem excepção.
Fig. 1 - É tão boa uma pescadinha com o rabo na boca

Por uma questão de honestidade, não posso meter isto debaixo do tapete.
Vou falar do Chile mas comparando com os outros países da América Latina.
Se compararmos o Chile com Portugal, dizemos que aquilo correu mal mas temos que ver como correram as últimas 3 décadas nos demais países da América Latina.
Peguei em todos os países da América Latina mais Portugal e os EUA e calculei, por 100€ de PIB per capita do Chile (fonte: Banco Mundial), a evolução dos outros países considerando 1970 (antes do golpe), 1985 e 2010.

País197019852010
United States8281050597
Puerto Rico317382265
Spain311382244
Portugal201275185
Argentina300255170
Uruguay197186147
Chile100100100
Mexico15820797
Panama12413996
Venezuela, RB28619986
Costa Rica10811581
Dominica9776
Cuba8114774
Brazil9013874
Grenada8568
Dominican Republic537464
Jamaica15210660
Belize547356
Colombia688451
Peru948550
Suriname9243
El Salvador856341
Guatemala575829
Ecuador425327
Paraguay355526
Honduras404322
Bolivia423619
Guyana342717
Nicaragua593714
Tabela 1. PIB pc dos países da América Latina, Portugal e USA (fonte: WB)

Agora vamos analisar estes dados e ver se a "coisa" correu mal como dizem os comunas.
Em 1970 o Chile era o 9.º país mais rico da América Latina. Em 1985 está genericamente pior (é 0 11.º) mas lançou as bases para estar melhor em 2010 (é o 4.º país mais rico da América Latina).
A Venezuela, país riquíssimo em Petróleo, é que teve uma performance trágica. De 286€ em 1970 diminui para 199€ e, actualmente, com um governo esquerdista, está nos 86€. O PIB pc relativamente ao Chile perdeu 70% do seu valor em 40 anos.
Mesmo o Brasil que é "a maior potência do mundo mas em cagança", piorou de 90€ para 74€.
Cuba, o paradigma esquerdista, o país das conquistas sociais e onde as boas políticas foram implementadas, diminuiu de 81€ para 74€.
Afinal, estou-me a safar mais ou menos.

Parece impossível
Para aqueles que dizem que o Brasil é o potência mundial e Portugal é uma merda, estranho que em 2010 o PIB pc em Portugal seja, em relação ao Chile, 185€ e o Brasileiro seja de apenas 74€.
Nós que não temos o "pré-sal" nem a imensidão de terrenos, nem tecnologia nem somos a "maior potência do mundo", nem temos mulheres boas, como é possível termos um PIB pc tão maior que o Brasil.
Nás que estamos na bancarrota e na miséria.
Não é possível.
Por alguma razão as basileira vêm delgadinhas como as minhocas, boas como o milho, com aquelas mamocas sequinhas e, passados uns 6 mesitos, já são autenticas baianas. Mandam umas cadeiras (tradução para português europeu: uma peida) maior que uma roda de tractor.

Mas o bem estar da maioria da população chilena piorou muito, dizem os comunas.
O melhor é eu acabar por aqui mas vou pegar noutras variáveis que traduzem, dizem, o bem estar da população.

A mortalidade infantil deve ter aumentado.
A mortalidade infantil condensa muitas variáveis de bem estar social.
Para melhorar é preciso implementar sistemas de esgotos, distribuir água potável, a população ter acesso a cuidados médicos, boa alimentação. E não basta que os ricos têm isso pois, em média, a maior parte das crianças morrem entre as famílias desfavorecidas.
Então, o melhoramento desta variável traduz, sem dúvida, um aumento da coesão social.

Acreditando nos comunas, eu antecipei que no Chile a mortalidade infantil aumentou muito com o Golpe. Peguei nos dados do Banco Mundial e calculei a mortalidade relativa de alguns países relativamente à média da América Latina. Por exemplo, a Nicarágua que foi um país "verdadeiramente socialista" tinha em 1960 mais 50% de mortalidade que a média da A L. Actualmente tem mais 100%.

Fig. 2 - Mortalidade até 5 anos (fonte: Banco Mundial)

Pelo contrário, o Chile, entre 1973 e 1980 reduziu substancialmente a mortalidade infantil.  
Na Venezuela, antes e agora com o Chaves, a M I, em termos relativos, está a aumentar à força toda.

Porque é que será que os comunas não falam do sanguinário chamado Chaves?
Tenho que fazer justiça a Cuba que tem um óptimo desempenho relativamente à mortalidade infantil.
Mais notável atendendo que Cuba é um país pobre e sem recursos naturais.

Fig. 3 - Esperança de Vida e PIB pc (fonte: BM)

Não é possível.
Então os Neo-Liberais fizeram diminuir a mortalidade infantil?
Tem que haver engano.

A esperança de vida deve ter diminuido.
Vou usar outra variável que também traduz coesão social.
Para aumentar a esperança de vida é preciso tratar de todos pois, morrendo um pobre, estraga a média aos ricos.

Fig. 4 - Evolução da Esperança de Vida na América Latina (fonte: BM)

Relativamente à média, entre 1973 e 1985, no Chile a esperança de vida aumentou 4 anos.
Em Cuba diminuiu e no Brasil manteve-se (3 anos abaixo da média).
Penso que me safei bem.
Afinal o golpe no Chile e as consequentes "políticas de direita ultra conservadora tipo Passos Coelho, Gaspar e Sr.a Merkel" não induziu a tragédia económica ou social que os comunas querem fazer crer. Nem mandou os mais desfavorecidos para a miséria.
Antes pelo contrário. Onde essa tragédia aconteceu foi na Nicarágua e está a acontecer na Venezuela.
Mas aí a culpa deve ser do Imperialismo Americano.
Da fada bruxa que envenenou a Branca de Neve.

Nota final: um comentarista disse que "a minha brasileira" não era tão especial como eu imagino.
Qualquer dia ponho uma foto para os estimados leitores verem como era mesmo boa.
E sabia cozinhar muito bem. Couve-flôr gratinada, Feijoada brasileira, Bavaroise de morango. E a mãe fazia um Cozido à Portuguesa e um cabrito assado no forno que era uma maravilha.

Num assalto.
Entram 4 encapuzados numa agência bancária a gritar:
- Isto é um assalto, todos deitados e a olhar para o chão.
Decorrido um minuto.
- Tu aí que olhaste para mim vais morrer já.
- Eu não que não olhei. Quem olhou foi a minha sogra que o deve ter reconhecido pois ela tem olho de raio X.
- Onde é que está a tua sogra?
- Está a viver em minha casa. Tome lá a morada.

Pedro Cosme Costa Vieira

10 comentários:

Anónimo disse...

Agora falta sobre a tatcher. mas esse tem que ter mais dados, mais informação. tem que ser "like a boss" como a senhora

ouve alguem que pediu um comentario a isto:

http://www.youtube.com/watch?v=f7cJ_ZBiU-I&feature=player_embedded

e tambem sobre os juros penso que no post:
porque é q os salario equilibram a economia

esses seriam muito instrutivos

iurikorolev disse...

Amigo
Conhecimento não entra por osmose.
Estude !
Leia o paper de 2003 do Jim oNeill do GoldSachs, um cara que entende muito mais de economia que voce veja o que ele pensa do Brasil.
Leia suas entrevistas mais recentes e se surpreenda !
Para ele dos 2 BRICS os que tem mais futuro são Brasil e China.
Pare com essa rivalidade tola com o Brasil que só serve para distorcer a realidade e veicular dados furados.
Se vc não é humilde pelo menos APRENDA A PENSAR !

iurikorolev disse...

" Brasil que é a maior potência do mundo mas em cagança"
Pára de falar bobagem cara !
A politica economica daqui dá de dez a zero no da UE e é elogiada pela The Economist, pelo The Guardian, etc.
Se Brasil estivesse tão mal a nota em novembro não teria ido para BBB+ pela Stnd&Poors.

O Brasil sofre as agruras de um país de 200 milhões de habitantes e exclusão social histórica.
Realmente o Brasil tem muito a caminhar ainda mas está no caminho certo.
Todo país grande tem pobres.
São essas pessoas sofridas que vão para Portugal em busca de uma vida melhor.
Mas acredito que eles trabalham mais e melhor do que muito portuga por aí...

Agora quanto a ser potência, o Brasil já é em muitos pontos.
E está a caminho de ser em todos.

sergio disse...

iurikorolev, compreendo a tua discordancia com os pontos de vista do Pedro. Mas dar a G.sachs como referencia no mundo economico é como ter o Michael Jackson como testemunha abonatória num caso de pedofilia... Tens de escolher melhor os teus exemplos ou fornece dados concretos que refutem a teoria! podes estar correcto, mas como tu disseste bem isso não entra por osmose LOL

iurikorolev disse...

Caro Sergio
O GoldSachs quebrou por outras razões. O Jim oNeill continua sendo um dos economistas mais respeitados e visionários do mundo.
O que ele previu em 2003 para os BRIC's aconteceu e com muito mais força do que o esperado!
O Brasil vai passar o PIB do Japão em 2027 e em 2050 terá o tamanho do Japão e Alemanha juntos !
O que não devemos alimentar é essa tola rivalidade Brasil-Portugal, que sinceramente eu nem sabia que existia.
Essa rivalidade só serve para distorcer a realidade e baixar o nível do diálogo.
A Argentina sempre teve este sentimento de superioridade em relação ao Brasil até a crise de 2001, quando os brasileiros foram lá e compraram quase todas as empresas argentinas.
Leia o paper 99 do Jim oNeill e verá uma obra-prima de Economia.
Aumente sua cultura economica !
Informe-se mais !
до свидания

sergio disse...

Iurikorolev, não vou comentar nada sobre rivalidades... Na minha opinião de leigo digo que o Pedro tem feito boas interpretações dos dados que tem!! "Enfase" nos dados que ele tem acesso!!! Mas noto tendencialismos nas suas analises isso apenas mostra que é humano, tens razão que isso baixa o nivel de dialogo! E volto á carga sobre a G.sachs, essas são pessoas muitos perigosas no mundo economico e cumplices nos esquemas que são em grande parte responsáveis pela crise do euro!! Estou a tentar aumentar a minha cultura economica e so lhe posso agradecer porque convem ver as teorias refutadas e discutidas para se perceber melhor os argumentos que as constroem!! Abraço amigo iurikorolev e boa sorte para nós todos.... vamos precisar

iurikorolev disse...

Amigo Sérgio
Quanto à rivalidade descobri recentemente em um video no Youtube, portugueses e brasileiros agredindo-se com palavras de baixo calão na parte de comentários, o que me deixou bastante chocado.
Ao ler as declarações meio jocosas do dono deste blog tipo "A Dilma é só cagança" ou "o Brasil só serve para ter mulheres gostosas" fiquei surpreso. Afinal o Brasil tem reservas internacionais de 350 bilhões de dólares. Ele está bem.
Não sou nenhum doutor em Economia, ao contrário sou apenas um curioso.
Também estou aprendendo.
Quanto a Portugal, tenho admiração especial por este país por ter conseguido manter íntegro um país grande como Brasil durante séculos frente a potências muito mais poderosas.
E todo brasileiro, no fundo é português, pois herdamos muito de sua índole. Somos um povo pacífico e avesso a guerras.
Abraços

Económico-Financeiro disse...

Estimado iurikorolev,

Os comentários são moderados pelo que nunca haverá linguagem de baixo calão.

A minha linguagem é "forte" mas controlada funcionando apenas como os anúncios em neon. Na blogosfera é muito dificil cativar leitores para a nossa mensagem.

Na vida não podemos jogar sempre à defesa. Temos que arriscar com ideias e previsões contrárias ao status quo.
Podemos errar e cair no ridículo mas só assim é que nos podemos tornar relevantes.

Obrigado por continuar um leitor atento,
pc

mgomes disse...

Meu caro,eu devo ser dos únicos portugueses que foram ao Chile logo após o golpe de Pinochet e vi a desgraça em que o país estava mergulhado.Agora,passada a opressão,está próspero.Nesse ano,em 1973,estive alojado no Sheraton por pouco dinheiro e,almoçando no hotel do restaurante,só tinha direito a meio pão.E levava dólares,trocados por escudos.Hoje,nem dá para um empanada.

Sergix disse...

Boas,

É a primeira vez que comento este blog.

Aproveito para dar os parabéns ao autor, pois ao escolher este meio de divulgação o mesmo não pretendia consensos. E está a consegui-lo.

Gostaria de em relação ao que se têm vindo a passar de haver troca de acusações entre falantes da mesma língua no youtube. Que se tratam independentemente nas nacionalidades em causas pessoas que por uma espiral negativa baixaram o nível e que certamente não são uma amostra real do sentimento mutuo.

Num exemplo oposto num desporto que é a formula 1 em geral muitos portugueses torciam pelo saudoso Sena Braichello e outros. Da nossa parte até acontece muito torcermos por outro melhor do mundo actual que não o Ronaldo.

Quanto ao Brasil vir ou não vingar nos BRICs penso que o desejo de todos nós é que vinguem. De certeza que preferimos uma potencia a falar Português que Alemão ou Francês. Mas até que tal se venha ou não a verificar cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code