sexta-feira, 2 de março de 2012

O Brasil e o Japão. Querem que eu minta?

Como dizem em Manaus (onde o meu bisavô Francisco António de Almeida morreu e está sepultado), "Quem vê o Amazonas nunca mais pensa que o rio da sua terriola é o maior do Mundo".
Eu nunca o vi mas acredito que sim. Quando Pedro Álvares Cabral chegou ao Estuário do Rio Amazonas pensou estar a "navegar há dias num oceano de água doce".
Em particular os brasileiros (que enviam comentários a insultar-me) têm muito orgulho na sua terra e pensam que é a melhor do Mundo.
Eu não sei porque nunca fui ao Brasil, ao USA, ao Japão nem à China.
Também nunca vi uma célula, nunca pousei na Lua, nunca vi pescar bacalhau.
Como nunca lá estive, tenho que confiar na informação transmitida pelos organismos internacionais.
Penso que se o Banco Mundial estivesse a transmitir dados falsos, alguém havia de dizer alguma coisa.
Em particular, sendo o Brasil, na óptica dos tais comentaristas, o país mais rico e desenvolvido do Mundo,  em vez de me mandarem comentários indelicados, atacavam o Banco Mundial.
Ou então, como os dados disponibilizados pelo Banco Mundial são os recolhidos por cada país, o Instituto de Estatística Brasileiro, enviaria os dados correctos para o Banco Mundial.
Como não o fazem, tenho que tomar os dados do Banco Mundial como certos e os quais qualquer pessoa, incluindo os brasileiros, pode consultar no sítio do Banco Mundial: 

Fiz uma recolha de dados no Banco Mundial
1) Seleccionei os países que queria (China, Brazil, USA e Japan)
2) Seleccionei 3 variáveis
     GDP (constant 2000 US$)
     Population ages 15-64 (% of total)
     Population, total
3) Seleccionei os anos 1960 até 2010
4) Mandei exportar para um ficheiro Excel

Fiz umas contas
Depois calculei a população total com a idade no intervalo 15-64 anos 
    PIA = Population, total * Population ages 15-64 (% of total) / 100
Dividi o GDP (constant 2000 US$) pela população em idade activa
   GDPpcia = GDP (constant 2000 US$) / PIA
Penso (e aqui é uma alfinetada) que não é muito complicado o estimado leitor refazer estas contas e confirmar os resultados que obtive.
Se pensa que estão errados, em vez de perder tempo a dizer que eu sou ressabiado, recalcule-os por si, com os seus dedinhos.

Os resultados
A minha ideia era apenas desfazer a ideia que o Japão estagnou mas juntei o Brasil porque, por aqui e por aí, pensam que é uma maravilha.
O Japão cresceu a uma taxa alucinante (7.3%/ano) até atingir, em 1972, o nível de PIB por pessoa em idade activa  dos USA. Depois, passou a crescer à taxa dos USA que representam a Fronteira Tecnológica (+1.8%/ano).
Nem poderia ser de outra maneira. Quem pensa que isto é um fracasso económico, não pode perceber nada de crescimento económico.
Mas muito pior é como pode alguém afirmar que o Brasil está em grande pujança económica. Ond é que isso se vê? Qual é a base de dados onde vão buscar os dados?
São informação dos taxistas?
E não são só os brasileiros que me enviam comentários indelicados. Também o ouço de colegas meus professores de economia.
Não compreendo porque devo ser limitado.

Fig. 1 - PIBpcia do Japão, USA e Brasil, 1960:2010 (fonte: Banco Mundial, cálculo do autor)

Nunca o Brasil teve um crescimento equiparado ao Japão e, desde a bancarrota de 1980, está estagnado.

País
1980
2010
 Tx.Crescimento
BRA
6097
6957
0,4%/ano
CHN
314
3352
8,2%/ano
JPN
35826
61465
1,8%/ano
USA
34194
56125
1,7%/ano

Tabela 1 - PIBpcia em USD de 2000

Querem que eu invente números bonitos?
Eu não vejo como posso eu ofender os brasileiros (que me enviam comentários ofensivos)  por revelar estes números que são públicos e validados.
Será que ficavam mais contentes se eu inventar números, se mentisse e dissesse que são os maiores?
Será que o riozito da minha terra fica maior se me disserem que o Rio Amazonas não existe?
Será que aspiram a ser o país mais populoso do Mundo?
Será que querem competir com o Bangladesh?

Agora a China
A China começou a crescer em 1965, ano em que eu nasci. Não deve ter sido coincidência.
Nos vinte anos 1970-1990, o PIBpcia chinês cresceu 5.2%/ano;
Nos vinte anos 1990-2010, o PIBpcia chinês acelerou e cresceu 9.0%/ano.
Nos últimos 40 anos, em média o PIBpcia chinês cresceu 7.1%/ano que é uma taxa idêntica ao verificado no pós-guerra no Japão.
A China ainda é uma país atrasado. Actualmente o PIBpcia é apenas metade do brasileiro e 6% da Fronteira Tecnológica.

Questões que vale 1 milhão de dólares
Será que o Brasil vai acelerar o crescimento do PIBpcia de 0.4%/ano para os 7%/ano?
Não acredito. Terá que aumentar substancialmente a poupança e investimento e não me parece estarem preparados para isso.

Será que a China vai continuar a crescer à media dos últimos 40 anos (7.1%/ano)?
É possível. Tem poupança e investimento para isso (mais de 50% do PIB).
Se conseguir democratizar-se num processo de transição pacífico, pode ser que mantenha esta taxa de crescimento por mais 50 anos.
Mas 50 anos é muito tempo. Ninguém é capaz de prever a evolução da China daqui a 10 anos como posso eu querer prever o que se vai passar nos próximos 50 anos?
Lembram-se do filho da Kadaffi que dizer que ia suceder ao pai?
Se eu estiver certo, a China atingirá a fronteira tecnológica em 2060 que passará a partilhar com os EUA, o Japão e o núcleo duro da Europa (Alemanha e vizinhos e França?).

Fig. 2 - Provavelmente o mercado indiano tem mais potencial que o brasileiro

Pedro Cosme Costa Vieira

11 comentários:

iurikorolev disse...

Caríssimo Pedro
Peço desculpas se o ofendi, (considerando que se refere aos meus humildes comentários).
Aliás fico surpreso que vc tenha se sentido ofendido.
Primeiro porque não tive essa intenção. Segundo porque acho muito interessante seu blog, e a forma espirituosa e clara como explica as coisas. Dizem que espirituosidade é uma característica marcante das pessoas inteligentes, que sem dúvida alguma é o seu caso.
Mas uma coisa que não entendo nos portugueses (e com mais razão agora sabendo que seu bisavô morou no Brasil) é a negatividade que há por detrás de tudo que escrevem com relação ao Brasil. Sempre tem algo que denota algo negativo (e de forma bem sarcástica) e quase nunca algo positivo.
Gosto de usar os dados do Jim ONeill,(que no momento trabalha no Goldman Sachs) e é um dos economistas mais visionários e respeitados do mundo.
Recentemente ele editou o paper 204 fazendo previsões para 2030 e corrigindo o paper 99 de 2003.
As correções são altamente positivas para o Brasil, que o coloca junto à China como os 2 BRICS com mais potencial a Longo prazo.Potencial não de PIB, é claro, pois a India tem mais de 1 bilhão de viventes, mas Potencial de desenvolvimento já que o Brasil é o espelho da China. Quanto mais a China crescer, mais crescerá o Brasil, como você deve bem saber .
E recentemente em 2011, Jim ONeill confirmou isto com todas as letras em uma entrevista.
Essa discrepância que há entre o niveis de desenvolvimento humano dos paises de 1o mundo e os "emergentes" diminuirá dramaticamente.

Saudações fraternais de além-mar.

Anónimo disse...

Da minha experiência em consultar advogadosfalando com 3 ou mais escutas 3 ou mais coisas diferentes.

Economistas é a mesma coisa,desonfia sempre.

Abram a pestana, não se deixem enganar por quem elogia.

Ninguem gosta do critico, do diferenente, do génio, Copernico, Galileu entre outros sofreram isso na pele:

"Eppur si muove"

Apezar de tudo o povo Portugûes é prodente:

"Começas bem bais acabar mal" etc..

Anónimo disse...

já estou farto destes brasucas ressabiados. Uma pessoa a tentar a ajuda-los e eles cegos. A culpa da situação do Brasil não é dos brasileiros é das dilmas e dos lulas.

Porque utiliza o GDPpcia ["Dividi o GDP (constante 2000 US$) pela população em idade activa"] e não o PIB per capita?
O PIB per capita = PIB / população ?
E mais uma pergunta como se chama o PIB per capita ou o PIBpcia a preços dos EUA de um determinado ano? E como se calcula?

Económico-Financeiro disse...

Como se calcula o PIBpc.

Primeiro, calcula-se o PIB em Reais e a preços correntes.
Segundo, calcula-se a evolução dos preços para calcular o PIB a preços constantes.
Terceiro, calcula-se o PIB em dolares (usando uma taxa de câmbio Real/Dolar).
Quarto, mede-se a população.
Quinto, divide-se o PIB em dólares a preços constantes pela população.
todos estes números estão disponívels no Banco Mundial.

Eu divido o PIB apenas pela população no intervalo 15-64 anos porque são as pessoas potencialmente trabalhadoras.
O Brasil tem um certo crescimento económico apenas porque a população em idade activa está a crescer rapidamente (na China também).
Mas o rendimento de cada trabalhador (os salários) não pode aumentar porque há mais trabalhadores por quem dividir o produto.

Não divido pela população activa porque há dificuldade na sua obtenção.

A dificuldade do governo Dilma explicar ao povo a diferença entre crescimento do PIB e o potencial de crescimento dos salários faz com que as contas externas brasileiras tenham tendência a desequilibrarem-se.
Foi isso que aconteceu, depois de entrarem no Euro, nos PIIGS e que levou à actual crise.

Um abraço.

pc

Fepiano disse...

Caro Pedro Cosme, abstenham-se a responder aos comentários que vêm do outro lado do Atlântico.

Quando a ignorância e a má educação se juntam, a combinação é fatal.

PS: Quando o Governo brasileiro apontava um crescimento de 5% em 2011, o Brasil cresceu pouco mais de 2,5%. Parece que a profecia do professor se está a concretizar..

Anónimo disse...

O problema não é com os números, você que ao invés de analisar as coisas como um todo, tende a usar e encaminhar os números e os fatos sempre para o lado negativo, ou seja, você é muito pessimista.

iurikorolev disse...

Caro Fepiano

O Brasil em 2010 passou a Russia em número de artigos científicos publicados.
Em 2050 Brasil terá o PIB da Alemanha, França e Inglaterra SOMADOS (dados do FMI e do paper 204 de Jim ONeill): 4a economia do mundo. Dividindo o PIB pela população à época dá para ver como melhorará o PPcapita do Brasil.
O Brasil já é grande potência industrial.
Será grande potência econômica e militar.
Ou seja, o Brasil "joga em outra liga", como dizem os espanhóis.

Não dei-te uma resposta ao (baixo) nível que você merece por respeito ao companheiro Pedro.

Saudações fraternas de além-mar...

Marcelaminas disse...

Sou Brasileira e como vejo o Brasil esta diretamente relacionado a trajetória biográfica do empresario Eike Batista...1 Começou a enriquecer vendendo ouro dos miseráveis de Serra Pelada 2. entrou na onda e levou muita gente para dentro com slogan Brasil pais do futuro(mineracao, exportacao de produtos primários desenfreadamente) 3. Expeculacao do petroleo (país das maravilhas ilimitadas) mesmo sem nada concreto alem de um desenho do pre-sal com o petroleo embaixo... vendeu o mapa do tesouro para os gringos. 4.2015 Crash, adeus carroes. Bem para finalizar digo que a biografia do Eike termina mas a do Brasil continua...6. inflação, PT bolivarianismo, corrupção, falta de estrutura logística, educação desqualificada, violencia, impunidade...mas samba no pé nao deve ser exemplo para andar pra frente . Obrigada

Jacques Pinto disse...

Boa noite!
Sou historiador e faço uma pesquisa sobre um cientista chamado Francisco Antonio de Almeida que viveu no século XIX. Porém, tenho poucas informações pessoais a respeito.
Você teria informações sobre seu bisavô? o que fazia e etc?
Fiquei com a ideia de possivelmente seu bisavô ser o cientista que estudo visto que parece que ele (o cientista) faleceu em Manaus também. Pode ser uma coincidência também.

Agradeço desde já a compreensão.
Até mais.
Jacques Ferreira Pinto

Económico-Financeiro disse...

Estimado Jacques,
Realmente meu Avô viveu e morreu em Manaus no ano de 1943.
Mas não era cientísta mas comerciante.
Nasceu em 1882, fez em Portugal o ensino básico (4.a classe), foi para São Paulo por volta em 1895 (com 13 anos) tendo tido a minha avó em 1896 (aos 14 anos). Depois, em ano que não sei, foi viver para Manaus tendo-se tornado comerciante na Zona Franca (meio contrabandista, segundo a minha mãe).
Como, quando morreu, vivia há muitos anos sozinho em Manaus (a filha veio para Portugal em 1914), não tenho informação precisa sobre o que se passou na parte final da sua vida.
(As datas são aproximadas)
Um abraço,
pc

Jacques Pinto disse...

Obrigado pelo retorno!
Foi uma coincidência mesmo. Mas que história interessante de seu bisavô.
Agradeço a atenção.
Abraço.
Jacques.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code