sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

O equilíbrio do Costa, custa

A vida do António Costa está difícil. 

Eu não sou especialista de ciclismo. Em criança era mesmo um ciclista cheio de medo. Mas o Costa parece aqueles sprinters que têm que ir sempre atrás dos ciclistas de fundo porque não têm fôlego (no caso, ideias) para, nas proximidades da meta, saírem disparados do pelotão (com um discurso de três palavras, inteligência, crescimento, emprego, repetidas à exaustão). 

O problema do sprinter é falhar o tempo de arranque.
Se for muito cedo, vai queimar todas as calorias, ficar sem fôlego e, no final, ser ultrapassados pelos atletas do pelotão.
Se for muito tarde, não vai conseguir recuperar o atraso relativamente aos homens da frente.

Fig. 1 - O sucesso do sprinter passa por arrancar da molhada no tempo certo

O Costa não podia sair mais tarde.
Como era preciso arrumar o Seguro da frente, a coisa não podia ter sido mais adiada. É que entre as Europeias e as Legislativas não havia mais nenhum acontecimento que pudesse justificar o arranque.
Mesmo assim foi (e é) acusado de oportunismo.

Mas, agora parece que saiu cedo de mais.
O Costa ganhou as Primárias do PS em 29 de Setembro. 
Já se passaram quase 3 meses e o homem ainda não disse nada. Diz que "lá mais para a frente, lá para Março, vou falar".
O sprinter está a fazer contenção para poupar as poucas energias (ideias) que tem.
O problema é que no pelotão vem o Passos Coelho e a cortar a desvantagem mostrando resultados ao nível do desemprego, emprego, crescimento económico, exportações, equilíbrio das contas públicas e externas.

Piscar o olho à esquerda e à direita.
Num dia diz "não faço alianças à direita", mas no outro dia tem que dizer que "o governo PS + PSD foi extraordinário" e termina dizendo outra vez que "não quis dizer nada disso mas antes o contrário."

Outro caso é a privatização da TAP.
O PS assinou pela mão do Sócrates no Memorando de Entendimento (17 de Maio de 2011) que iria privatizar a TAP. Agora, o Costa vem dizer que o PS não assinou nada disso e que sempre foi contra a privatização.
Melhor dizendo, é a favor mas é contra pois o Estado tem que continuar a mandar para meter lá mais "uns amigos do PS" tipo o que foi feito na Portugal Telecom.
Disse o Correio da Manhã em 2005 (ver) que, desde o filho do Professor Marcelo até ao do Otelo Saraiva de Carvalho, a PT era a mamadeira deles todos. Afinal, o homem que queria "os patrões no campo pequeno" rendeu-se ao grande capital.

Fig. 2 - O melhor a fazer com a TAP era aplicar o modelo Líbio: queimar tudo e acabar com aquilo de uma vez por todas.

Vejamos o que diz, textualmente, o memorando assinado pelo Sócrates
3.31. O Governo acelerará o programa de privatizações. 
O plano existente para o período que decorre até 2013 abrange transportes (Aeroportos de Portugal, TAP, e a CP Carga), energia (GALP, EDP, e REN), comunicações (Correios de Portugal), e seguros (Caixa Seguros), bem como uma série de empresas de menor dimensão. 
O plano tem como objectivo uma antecipação de receitas de cerca de 5,5 mil milhões de euros até ao final do programa, apenas com alienação parcial prevista para todas as empresas de maior dimensão. 
O Governo compromete-se a ir ainda mais longe, prosseguindo uma alienação acelerada da totalidade das acções na EDP e na REN, e tem a expectativa que as condições do mercado venham a permitir a venda destas duas empresas, bem como da TAP, até ao final de 2011

O Costa e restantes xuxalistas não devem saber ler.
Vou explicar o texto pois os do PS são tão toscos da cabeça que não sabem o que assinaram.
Ou pensam que o povinho português é muito burro e, se calhar, até é.

1) Até ao final do programa, o governo compromete-se a alienar a ANA, TAP, CP Carga, GALP, EDP, REN, CTT e Caixa Seguros e outras empresas menores. 

2) Na venda inicial, parcial, prevê-se um encaixe de 5500 milhões €.

3) Depois, se as condições de mercado o permitirem, o Governo compromete-se a vender a totalidade da EDP, REN e TAP

Reparem como eles mentem.
Dizem que o Memorando"não obriga privatizar a TAP porque a receita prevista com as privatizações, 5500 milhões€, já foi ultrapassada."
Mas o Memorando não diz nada disso, diz "cerca de 5,5 mil milhões de euros com a alienação parcial" sendo que o Governo se compromete, depois, avançar para a privatização total "se as  condições de mercado o permitirem".

Os xuxalistas apostam no facto de o povo português ser pouco informado.
Tenho a certeza que nem uma em cada mil pessoa foi ler o que realmente o Sócrates assinou sobre a privatização da TAP e das outras empresas públicas.
E é com isso que conta o PS.

Mas tenho que marretar.
Povinho do meu país, não acreditem nessa conversa do "outro caminho" pois esse caminho já o conhecem, é o caminho da bancarrota.

Fig. 3 - Digo que sou uma mulher, depois mete este "bigode de dedo" e digo que sou homem. E o povinho aceita uma coisa e logo o seu contrário como verdade.

Pedro Cosme Vieira

2 comentários:

Pedro Alexandre disse...

Caro Professor,

Todos nós sabemos que o mal da TAP é que durante anos a fio andou a ser gerida por incompetentes, isto é o que acontece a qualquer empresa, seja público ou privada qualquer empresa numa situação destas só tem um caminho, ou vai à falência porque ninguém a quer financiar ou é privatizada e começa a gerar lucros.

Ainda bem que a TAP era pública, porque se fosse privada já tinha ido à falência e já não podia ser privatizada, o BES/GES por exemplo só não foi à falência mais cedo porque era um banco do estilo Keynesiano, era privado mas só de vista.

Infelizmente privatizar a TAP neste momento já não é uma questão de ideologia, por muito que os esquerdistas falem nisso, é uma questão de necessidade.

Os esquerdistas ainda não perceberam, mas normalmente é assim que se privatizam empresas, primeiro enche-se a empresa com sindicatos, amigos e maus gestores e depois só resta mesmo é vender para não ser mais um encargo para os portugueses.

Cumps

murphy V. disse...

É verdade que o povo português anda mal informado. Mas o problema não é só esse... e Costa, mesmo não dizendo nada, será o vencedor das eleições.

É triste mas é assim, basta recordar o que sucedeu nas legislativas de 2009, Sócrates quase teve uma 2ª maioria. O povo português dá-se melhor com aldrabices do que com verdades.
http://jornalismoassim.blogspot.pt/2014/12/durante-semana-temos-peregrinacao-evora.html

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code