quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Como pode governar a esquerda no mundo liberal?

A Globalização é uma conquista da tecnologia mas foi capturado pela Direita.

Todos nós já ouvimos falar da Globalização e, se recordarem o contexto, vão-se lembrar que foi pela boca de políticos da Esquerda a dizer muito mal.
Foi o Jerónimo de Sousa, o Garcia Pereira, o Louçã e demais esquerdistas nacionais. Também ouviram o Ivo Morales, o Nicolau Maduro e os outros comunistas todos perdidos no tempo.
O discurso dos esquerdistas é que a Globalização apenas serve para os países mais fortes, as empresas mais competitivas, as economias com menos direitos dos trabalhadores, a grande finança, as culturas mais debochadas esmagarem os países mais fracos e onde existe melhor Estado Social. 
Falam também das privatizações como "venda ao desbarato dos sectores estratégicos" e a tentativa de melhorar o funcionamento do Estado de forma a tornar a economia mais competitiva e a vida das pessoas melhor como "a privatização da Segurança Social e do Estado de Direito".

O Syriza veio colocar na mesa a discussão de como devem os comunas governar.
Mas esta discussão não é de hoje, foi feita na China nos anos 1970 e resultou na "Reforma Económica" que começou em Dezembro de 1978 encabeçada por Deng Xiaoping.
As reformas tiveram duas fases.
Na primeira fase que durou cerca de 10 anos, deu-se a descolectivização da agricultura passando cada agricultor a gerir um pouco de terra podendo decidir a cultura e a quem vender a sua produção (liberalização do mercado agrícola). Também passou a ser permitido o surgir de pequenas empresas privadas e o investimento directo estrangeiro em mercado liberalizado.
Na segunda fase, começou nos fins da década de 1980 que vai-se aprofundando continuamente (às vezes, com recuos) e traduziu-se na privatização da maior parte das empresas públicas e na desregulamentação da economia (controle de preços, alvarás e legislação laboral).

E será que na China a liberalização deu resultado?
Se deu. O poder de compra dos chineses é em 2014 vinte vezes o que era em 1978.
E se compararmos com outras grandes economias pobres (Índia, Paquistão e Indonésia), o PIB per capita chinês cresceu muito mais, 8,6%/ano contra 4,1%/ano da Índia, 3,7%/ano da Indonésia e 2,2%/ano do Paquistão.
Em 1978 o nível de vida na Indonésia era 210% o chinês e em, em 2015, é apenas de 40%. 

Fig. 1 - Comparação entre o crescimento do PIBpc chinês e de outros grandes paises pobres desde 1978 (dados, Banco Mundial, em PPP de 2010).

Globalização é liberdade.
Liberdade para comprar, produzir, vender, comprar e consumir.
Liberdade para escolher a profissão e o local de trabalho.
Liberdade para escolher o país (?) onde viver, trabalhar e estudar. 

E porquê uma conquista da tecnologia?
Porque, por um lado, apenas é possível com as inovação tecnológicas verificadas nos transportes de pessoas, bens, serviços e capitais. Com custos de transporte cada vez mais baratos, torna-se possível o transporte a grandes distâncias tornando assim possível que processos produtivos distantes possam competir.
Por exemplo, já é possível que as encomendas de uma empresa portuguesa sejam processadas na Índia.
Mas também é uma conquista tecnológica da Ciência Económica. O saber-se que a liberalização leva a ganhos de bem-estar motiva o fim das barreiras ao comércio e à movimentação de pessoas e capitais.

Como vai a crise dos refugiados?
É apenas mais uma fase da globalização. 
E reparem como os esquerdistas me atacaram quando apresentei soluções para esta crise e, decorridos tantos meses, ainda não avançaram com a mais pequena ideia.
Já alguém ouviu os esquerdistas, brochistas, xuxialistas ou comunas dizer, agora na campanha eleitoral, uma única palavra sobre esta crise?
Nada mais que não seja qualquer coisa como "criar as condições para que as pessoas fiquem na terra deles"
É que os esquerdistas são contra a liberdade de movimentação, contra a emigração, contra uma pessoa ter o direito de ir embora e outra de vir viver para aqui.
É que isto é a fase final da Globalização e a Esquerda é contra a liberalização.

O Syriza e o PS.
O PS do Mário Soares foi quem conseguiu, em 1982, "meter o socialismo na gaveta". Criou os contratos de trabalho a termo certo e os recibos verdes e os despedimentos colectivos e o Tribunal Constitucional achou que tal "protegia o emprego."
Essas mesmas coisas se fossem hoje introduzidas pelo governo do Passos Coelho, levava chumbo mas, naquele tempo, como era uma proposta do Partido Socialista, passou.
Na Grécia, também muita coisa que não foi possível fazer até agora, como as privatizações, só vão poder avançar com um governo comunista.

E a nossa Segurança Social vai ser igual.
O Sócrates, primeiro ministro de um governo PS, assinou no Memorando de Entendimento o corte de 595 milhões de euros nas pensões.
Assinou e, agora, o António Costa, candidato a primeiro ministro pelo PS, diz que isso é uma ideia da Direita que quer destruir a SS.
O PS+PP tentou cortar 10% nas pensões em pagamento e não conseguiu porque "é inconstitucional."
Mas, se o PS ganhar as legislativas de 4 de Outubro, vamos ver que vai cortar e vai ser constitucional.

Fará sentido comparar o PS ao Syriza?
Penso que totalmente não por serem as mesmas pessoas mas por serem as mesmas ideias: prometer tudo a todos sendo que nada disso é possível de implementar.
Senão vejamos,
Lembram-se de tudo o que o PSD+PP fez e que, na altura o PS disse que ia reverter?
Lembram-se dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo?
Lembram-se do "fecho dos hospitais"?
Lembram-se do "fecho dos tribunais"?
Lembram-se do "fecho das escolas primárias"?
Lembram-se das "portagens das SCUTs"?
Lembram-se da Privatização da TAP?
Na altura era tudo para reverter mas agora, já não se vê nada disso no programa do PS.
É apenas "cumprir as obrigações firmadas com os nossos parceiros europeus" e a "austeridade inteligente".

Fig. 2 - Já me esquecia de que a venda da EDP aos chineses também era para reverter.

Pedro Cosme Vieira

0 comentários:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code