domingo, 27 de setembro de 2015

Os erros do Centeno

O Centeno, sendo político, deixa de ser sério. 
Em democracia, a política é a arte de captar mais votos que os adversários políticos.
Então, politica e verdade apenas andam de mão dada se der votos. Não dando, avança-se com a mentira e a ilusão.
Então, o Professor Centeno transformando-se em político, deixou o rigor que se pede a um "professor de economia" para passar a ser um "vendedor de ilusões"
Mas vamos ao que interessa.

O problema das exportações.
O Professor Centeno veio dizer num momento de desespero que as exportações no tempo do Passos Coelho + Portas não foram diferentes das exportações do tempo do Sócrates.

ISSO È MENTIRA.
A primeira coisa que temos que ver é a taxa de cobertura das exportações que quantifica quantos euros exportamos por cada 100 Euros que importamos.
No tempo do Sócrates (2005-2011) a taxa de cobertura era de 63% o que traduz que por cada 100€ de bens importados, exportávamos 63€.
No tempo do Passos Coelho + Portas, depois do ajustamento de 2001-2013, a taxa de cobertura passou a ser de 83% o que traduz que por cada 100€ de bens importados, exportávamos 83€.
a subida em 2 anos da taxa de cobertura em 20 pontos percentuais é extraordinário e nunca conseguido  por ninguém nos últimos 50 anos.

Fig. 1 - Taxa de cobertura das exportações Jan2005-Jul2015 (dados, INE Portugal)

Vamos agora ao detalhe - As importações.
A taxa de cobertura melhorou 20 pontos por causa das importações (contenção) e exportações (aumento).
Pegando nas importações a preços constantes (i.e., retirando o efeito da inflação), têm oscilados em torno dos 5 mil milhões de euros por mês, estando hoje 5% abaixo do nível de 2008 e ligeiramente 5% acima do valor de 2005 (ver, Fig. 2).

Fig. 2 - Importações a preços constantes Jan2005-Jul2015 (dados, INE Portugal)


As exportações.
Agora vamos às exportações que o Professor Centeno, como político fazendo crer que tinha o rigor de um professor universitário, decidiu comentar num comício do PS dizendo que estavam iguais ao que eram no tempo do Sócrates.
Mas olhando para os dados do INE, as exportações hoje estão 40% acima das exportações médias no tempo do Sócrates e 50% acima do valor de 2005 e 2009.

Fig. 2 - Exportações a preços constantes Jan2005-Jul2015 (dados, INE Portugal)

Meu Deus, não pode ser.
O Professor Centeno, o cabeça da Hidra dos 12 Sábios do PS tentou enganar o povo português?
O Professor Centeno, o génio da economia, mentiu descaradamente ao povo português?
E, depois, dizem os meus colegas esquerdistas que eu é que tenho falta de rigor, envergonho a professoragem e a Ciência Económica. 

Fig. 3 - Alternativa de confiança? Confiança de que viria por ai a politica da intrugice e os Socráticos recauchutados.

Será uma cobertura de 83% mau?
Se é mau, concerteza que 63% era muito pior!
E não é mau porque consegumos captar turistas europeus.
Essa batatada nos países islâmicos do Norte de África, principalmente na Tunísia e no Egipto, desviou muito turismo (barato) desses destinos para o nosso querido país o que tem permitido que, agora, tenhamos a Balança Corrente (as contas com o exterior) positiva e estável.

Fig. 4 - Balança Corrente Jan2010-Jul2015, (dados, Banco de Portugal, alisada por mim).

Finalmente.
Se não gostarem do Passos Coelho, votem no Portas e, se não gostarem no Porta, votem no Passos Coelho.

Fig. 5 - Eu queria votar (as minhas garras) era ai!

Pedro Cosme Vieira

1 comentários:

fpduarte disse...

Excelente informação

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code