quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Vamos ver os 2 anos da geringonça

A geringonça prometeu muito e será que cumpriu? 
Vamos ao resumo do que a geringonça fez.

1 = Queria que o Passos Coelho batesse o pé à Europa mas reduziram o défice como exigido.
Melhor dizendo, o Passos Coelho nunca cumpriu com as metas (mas mesmo assim foi acusado de "ir para além da Troika") enquanto que o Costa mais do que cumpriu (e apenas recebeu felicitações).

2 = Queria que o Passos Coelho aumentasse a despesa pública e estão a reduzi-la.
Até final de Outubro, em 2016 a despesa pública foi de 62824M€  e, 2017, reduziu para 62361M€.

3 = Queria que o Passos Coelho aumentasse o investimento e o Costa fez pior.
Nos 10 trimestres entre o 1T2013 e 3T2016 o investimento aumentou 107,3M€/trim enquanto  que nos 8 trimestres que dura a geringonça, aumentou apenas 86,1M€/trim.

4 = Queria que a produtividade aumentasse e está a cair trimestre após trimestre.
Se quando o Passos Coelho saiu a produtividade por trabalhador remunerado era de 11082€/pessoa/ano, agora está nos 10916€/pessoa/ano. Isto merece um gráfico.

Fig. 1 - Evolução da produtividade (por trabalhador remunerado), 1T2005 - 3T2017 (dados: INE)

Será que estamos como a Guiné-Bissau?
Claro que estão a perguntar "e o que a Guiné-Bissau tem de comparável connosco?"
É que estava lá o Nino Vieira e era muito mau. Mataram o bicho e cada um que se lhe sucedeu fez com que as coisas ficassem ainda piores.
Olhando para a produtividade por trabalhador remunerado, as coisas estavam mal no tempo do Sócrates, vieram outros e ainda foi ficando pior.

Será que houve cortes ou reforço na Saúde?
A geringonça fala que houve reforço de verbas enquanto que a oposição fala de cortes nos serviços.
De facto, estão ambos a dizer a verdade porque estão a falar de coisas diferentes.
Houve reforços da despesa mas, como os salários dos médicos, enfermeiros, pessoal administrativa, manutenção, ... aumentaram e horário semanal diminuiu, também houve menos horas de disponibilidade de médicos e enfermeiros.

É só propaganda.
Têm a cassete do "repor rendimentos e direitos" e não saem dai.
Mas, com isto, não quero dizer que estejam a fazer um mau caminho.
Se estão a fazer exatamente o contrário do que anunciaram, naturalmente, não posso estar descontente até porque, no entretanto, me aumentaram "um bocadinho" o meu salário líquido.

Provavelmente, sou um vendido.
No meio de tudo, estão a fazer algo completamente errado e que é a subida do SMN.
E eles sabem que é um erro que vai, daqui a uns meses ou anos, ter um preço muito elevado e que vai ser pago exactamente pelas pessoas com menor escolaridade e menor produtividade.


As barragens de terra, os incêndios e a desertificação do interior.
A água é para a agricultura como a roupa para as pessoas.
O seu humana apareceu na Terra sem roupa, adaptado ao clima onde vivia, algures na África Setentrional. Depois, com a ajuda da roupa, conseguiu ir povoando territórios com menor temperatura, em territórios onde os homens nus não poderiam viver.
As plantas domesticadas, por comparação, ajudadas com a rega, conseguem ser produtivas em terrenos onde, de outra forma,  morrem secas.
Antigamente, pensava-se que plantas como a oliveira, amendoeira e vinha eram culturas perfeitamente adaptadas ao sequeiro mas hoje sabemos que, regando nos meses mais quentes e secos com pequenas quantidade, permitem que estas plantas sejam produtivas em terrenos tradicionalmente inadequados.

E essa conversa vai dar onde?
É que Portugal tem no seu interior, abandonado e despovoado, milhares e milhares de hectares de terrenos que não produzem nada porque estão abandonados ao mato, e que poderiam ser utilizados para a produção de azeite, amêndoa, avelã e pinhão.
Mas para isso, é preciso transportar a água que existe nos meses de invernosos para os meses de verão.
E, para isso, são precisas barragens.

As barragens de terra.
Segundo a FAO, as barragens de terra são a forma mais económica para armazenar água tendo mesmo produzido um manual que ajuda a construir uma pequena barragem (Manual on small earth dams, FAO).
Uma barragem com 1 hm3, 1 000 000 m3, de água consegue transformar 200 ha de terra sem qualquer produtividade em terrenos agrícolas de grande valor capazes de transformar a economia de uma aldeia com alguns milhares de pessoas pobres. 
A barragem de terra é barata porque é apenas um monte de terra a entupir o rio.

Em Portugal, devem ser construídas barragens pequenas.
São baratas, regularizam o caudal dos rios (o que diminui as cheias e as secas), são pontos de água para o combate aos incêndios, permitem melhorar a agricultura.
Tal como o Salazar apostou nas grandes barragens para fins de produção eléctrica, também deveríamos iniciar estudos para a construção de pequenas barragens de terra para nunca mais termos problemas de falta de água.


Fig. 2 - A Barragem de Afsluitdijk  que represa o lago IJsselmeer contra o Mar do Norte tem um paredão em terra com 32 km de extensão (que nomes mais esquisitos têm na Holanda!)

Vejamos como uma barragem é barata.
Vou pegar em na Barragem do Alqueva (que é de betão).
Segundo o Jornal O Público, 11/05/2001, a Barragem de Alqueva (só a barragem), custou 140M€ que, a preços actuais, são cerca de 190 M€. Para uma capacidade de armazenamento de 3150 hm3, foi um investimento de 0,06€/m3, uma ridicularia se pensarmos que vai ser amortizados em 100 anos.
Já agora, também foi o Salazar que identificou que a Barragem do Alqueva seria de grande importância para o Alentejo.

1 comentários:

Silva disse...


"Vejamos como uma barragem é barata.
Vou pegar em na Barragem do Alqueva (que é de betão).
Segundo o Jornal O Público, 11/05/2001, a Barragem de Alqueva (só a barragem), custou 140M€ que, a preços actuais, são cerca de 190 M€. Para uma capacidade de armazenamento de 3150 hm3, foi um investimento de 0,06€/m3, uma ridicularia se pensarmos que vai ser amortizados em 100 anos."

Caro PCV

Quanto é que custaria a implementação de 3 reformas estruturais num dia de trabalho da AR?

- abolição do salário mínimo
- liberalização dos despedimentos
- abolição dos descontos

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code