quarta-feira, 16 de maio de 2018

O Bruno de Carvalho tem toda a razão.

Aquilo no Sporting anda um pouco agitado.

Vejamos as estatísticas dos treinadores dos 3 grandes.
O Jorge Jesus recebe 500 mil €/mês (7 milhões por ano) e conseguiu 78 pontos.
O Vitória recebe 100 mil €/mês (1,4 milhões por ano) e conseguiu 81 pontos
O Sérgio Conceição recebe 71,4 mil €/mês (1 milhão por ano) e conseguiu 88 pontos.
Sendo que o Jorge Jesus recebe mais do que todos os outros treinadores da primeira liga juntos, é natural o presidente do Sporting pedir-lhe contas.

Os jogadores e o Jorge Jesus não recebem os ordenados do Marítimo.
Podemos pensar que a equipa do Sporting tem a mesma obrigação de ganhar que o Marítimo mas não é bem assim pois ganham muito mais.
Além disso, o Jorge Jesus tem responsabilidade a dobrar porque foi ele quem escolheu os jogadores e o Sporting paga-lhes ordenados milionários.
Se o Jorge Jesus recebe pipas de dinheiro para escolher e treinar jogadores que custam pipas de dinheiro e a equipa fica em terceiro lugar com menos 10 pontos que o primeiro classificado cujo treinador ganho 1/7, não vejo como se pode melindrar por receber um puxão de orelhas e ser apelidado de incompetente.
Claro que demonstrou incompetência e não tem como defender os jogadores.

Quando eu era mineiro ...
Sim, eu já trabalhei numa mina na África do Sul e conheci lá um italiano com quem conversava de vez em quando.
Lembro-me de uma conversa em que ele disse:
 - Vim trabalhar para a África do Sul há 20 anos, em 1968, porque me ofereceram um emprego igual ao que tinha em Itália mas a ganhar um terço do que ganhava lá.
Eu fiquei abananado mas esperei que ele clarificasse.
- Quando ganhamos pouco, nunca estamos preocupados em ser despedidos porque ninguém quer o nosso emprego e os nossos patrões acham-nos competentes.Quando ganhamos muito, é um stress total.
Pensei eu - este homem até tem razão.
Terminou a sua tese dizendo:
- Quando entramos num emprego com salário elevado, temos que garantir que a nossa capacidade é adequada à missão que temos que executar e, pela minha experiência, isso passa por abandonarmos a nossa vida pessoal e, muitas vezes, deixarmo-nos humilharmos com um sorriso na cara. Se não formos capazes, não podemos aceitar porque estaremos a destruir-nos.
Ai perguntei eu "Mas como podemos nos deixar humilhar sem mais nem menos?"
- Não é sem mais nem menos, é pelo ordenado chorudo.

Argumentar que os jogadores se esforçaram?
Os que se esforçaram foram os do Marítimo que ganham uma décima parte do que ganham os do Sporting e ganharam. Foram também os do Braga que quase ultrapassaram o Sporting.
Os do Sporting são estrelas, alegadamente, e tinham a obrigação de ganhar o campeonato.
E, perderem contra o Marítimo demonstrou que não valem mais que uma equipa do meio da tabela.
Já alguém ouviu falar de um tal Ghazaryan, Gaz para os amigos?
Foi o tal que espetou um frango ao Rui Patrício.

Quanto à pancadaria.
Acontece. Foi um exagero mas nada do outro mundo.
O problema é que quem apanhou acha-se acima dos mortais, acha que, por receber centenas de milhares de euros por mês, é um deus que não pode ser chamado à palmatória.
Há que engolir o orgulho e mostrar humildade pois saíram do Funchal totalmente derrotados.

Tanto dinheiro gasto em vão

Finalmente, a corrupção.
Agora é que caímos no absurdo total.
O Jorge Jesus e os jogadores do Sporting ganham balúrdios e, para ficarem em terceiro lugar e perderem com o Marítimo por apenas 2-1 foi ainda preciso subornar os jogadores das outras equipas para facilitarem?
Eu acredito que alguém pagou a Jesus e aos jogadores do Sporting para perder, só pode com tanta qualidade.

0 comentários:

Enviar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code