sábado, 12 de junho de 2021

Portugal não precisa de hidrogénio nem baterias pois tem barragens reversíveis

Temos um ministro das infraestruturas que é completamente louco.

É o exemplo perfeito de como o tirano, ao poder tomar decisões sem escrutínio, condena os povos à miséria.

E todas as almas que digam "essa opção é errada" são logo apelidadas de fascistas, xenófobas, andrés venturas, que cometem fraude fiscal, branqueamento de capitais e são falsificadores da verdade.

E toda a comunicação social vai atrás desses tiranos porque os jornalistas ..., não digo que todos sejam intrinsecamente desonestos, mas quase todos actuam como se o fossem. De forma mais suave, digamos que, para sobreviver, têm que se vender ao diabo.

Esse tirano que dá pelo nome de Pedro Nuno Santos só pensa em investimentos ruinosos, desde os aviões aos comboios passando pelo hidrogénio e as baterias.

 

Tem mesmo cara de burro

 

Interessante, ninguém perguntar nada ao tirano.

Aqui está um exemplo da desonestidade dos nossos jornalistas.

O tirano afundou 77 milhões € na ligação entre a Guarda e a Covilhã. 

Já alguém lhe perguntou "Sr. Ministro, em média, quantas pessoas viajam por dia na linha Guarda-Covilhã?"

Não.

Também gastou mais milhões e milhões na ligação Évora-Elvas.

Já alguém lhe perguntou "Sr. Ministro, em média, quantas pessoas viajam por dia na linha Évora-Elvas?"

Não.

Já alguém perguntou "Sr. Ministro, em média, qual o prejuízo diário que o contribuinte está a pagar para o Sr. poder brincar aos comboios?"

Não.


As últimas toleiras são o hidrogénio-verde e as baterias de lítio para armazenar electricidade para a noite.

São tecnologias que ficam caríssimas.

Mais ainda porque temos alternativa nas barragens reversíveis.


O que é uma barragem reversível?

De facto, é um conjunto de duas barragens/albufeiras, uma a cota mais elevada e outra a cota mais baixa.

O sistema está carregado quando a barragem superior está cheia de água e a barragem inferior está vazia.

Se a diferença de cota for H e o volume for V, a energia armazenada será dada por (0,9 é o rendimento)

Energia armazenada = 0,90*V*H

Para transformar esta grandeza em kwh, se o volume estiver em m3 e a altura em m, teremos que mutiplicar pela constante constante 10/3,6:

Energia armazenada = 0,90*V*H*(10/3,6)

Esquema de um sistema hidroeléctrico reversível (com duas barragens a cotas diferentes)
 

O ciclo carga/descarga.

Quando a barragem a cota elevada está cheia (e a de cota baixa vazia), havendo necessidade de injectar energia na rede, a água é turbinada passando de cima para baixo.

Quando a barragem a cota elevada está vazia (e a de cota baixa cheia), havendo excesso de energia na rede, a água é bombeada da cota baixa para a cota alta, usando a mesma turbina.

Como o rendimento da carga e da descarga é cerca de 90%, o rendimento do sistema é de 80% (por cada kwh armazenado, usam-se 1,25kwh).


Por exemplo, o sistema hidroeléctrico Alto Lindoso / Touvedo.

H = 288 m

V = 4,5 milhões m3.

Energia armazenada = 0,9 * 288 * 4 500 000 * (10/3,6) = 3 250 000 kwh.

Depois, o sistema tem a capacidade para fornecer 630 000 kw de potência durante 5 horas que corresponde a 15% da potência eléctrica consumida em Portugal.

É a energia de 240 mil baterias Powerwall que representam um custo de 1325 milhões € e, carregando e descarregando todos os dias, tem uma garantia de 7 anos (de que duvido).  O vendedor diz que fica, apenas o armazenamento, em 0,15kwh a que tem que se somar o custo da electricidade.

O sistema Lindos/Touvedo, a preços de hoje, custou mais ou menos o mesmo (1130 milhões €), já dura há 30 anos e ainda vai durar muitos mais décadas a carregar e descarregar.

A carregar e descarregar todos os dias durante 100 anos, traduz um custo de  0,01€/kwh.


Vamos à comparação.

O sistema Alto Lindoso / Touvedo tem um custo de capital de 31 000€/dia que, se o sistema usado apenas para armazenamento, traduz um custo de 0,01€/kwh de armazenamento.

Acresce que a água do rio Lima que passa no sistema  Alto Lindoso / Touvedo ainda produz electricidade no valor de 100 mil € por dia!!!!!! (970 Gwh / ano).

As baterias de lítio têm um custo de 0,15€/kwh!!!!!!!

só podemos concluir que temos um ministro das infra-estruturas que nos quer condenar à miséria como acontece na Venezuela, Nicarágua, Cuba, Coreia do Norte, e demais regimens esuqedistas.

 

A capacidade do sistema Alto Lindoso / Touvedo pode ser facilmente aumentada.

Se a altura da barragem de Touvedo for aumentada em 3,5m, obra fácil de fazer, o sistema mais do que duplica a sua capacidade de armazenamento, de 5 horas a 630 MW para 12 horas a 630 MW.

Outra hipótese é melhorar o sistema de captação no Touvedo para aumentar o volume útil (a barragem tem um volume "morto" de 10 milhões m3)

É que no ano em que foi projectada, em 1983, ainda não havia a mais remota hipótese de a tecnologia solar ser capaz de gerar electricidade a custos na ordem dos 0,012€/kwh mas apenas durante o dia.

Além do sistema Lindoso/Touvedo, temos o sistema de Alqueva - Pedrógão capaz de gerar 520 MW durante 30 horas.

 

Porque será que os economistas esquerdistas nunca estudam os países comunistas?

Dizem mal do capitalismo, da exploração do homem pelo homem, da grande capital, da crise das democracias minadas pelo fascismos e neoliberalismos mas nunca falam como, rapidamente, a Nicarágua, a Venezuela e todos os outros regimens esquerdistas resvalaram rapidamente para a miséria e para a ditadura.

Bem sei que vão arranjar mil e uma desculpas mas que os povos desses países continuam a viver na miséria e em ditadura.


Será Portugal uma verdadeira democracia?

Já repararam que este blog não tem autor?

Tive que passar à clandestinidade!

Mesmo assim, estou suspenso.

É a democracia esquerdista do posso quero e mando.

1 comentários:

mahmoud disse...

برنامج حسابات

برنامج erp

برنامج محاسبة

برنامج مخازن

Enviar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code