segunda-feira, 23 de novembro de 2020

O congresso do PCP e as vacinas

Eu sou completamente a favor do congresso do PCP.

Se o PCP fez congressos com a PIDE em cima deles, cargas policiais, prisões e desterros para o Tarrafal, um viruzito lhes vá meter medo. Se os comunas não têm medo, as outras pessoas também não devem ter porque meter 600 pessoas no congresso é muito menos que os alunos de uma escola secundária. Diria mesmo que, pelas 7h da manhã, no Cais do Sodré se juntam mais de 600 pessoas e não vejo ninguém perder tempo de antena com isso. Até penso que o vírus não anda nos transportes públicos.

Se os comunas se querem juntar para se ouvirem uns aos outros, não virá mal ao mundo por causa disso.

Deixem os poucos comunas que ainda existem viver o resto dos seus dias à vontade.

O Chicão é politicamente um zero, mentecapto.

O moço não sabe o que há-de dizer. Conteúdo programático de direita, nem sabe o que isso é mas podia estudar e preparar-se mas não. Também poderia haver pessoas no partido, criar uma task force, um departamento de marketing político, que o aconselhassem, mas também não. Ligam a câmara, o rapaz vira os olhos para cima para ver se se recorda do que está no ar e repete de forma inflamada.

 

Estou muito pessimista relativamente às vacinas.

Bem, sempre estive pessimista.
Existem 2 problemas nas vacinas que estão ligados. O primeiro são as recaídas, as re-infecções, e o segundo é saber a razão porque há pessoas que a vacina "não pega".

As re-infecções tanto podem traduzir que, ao fim de uns meses, a nossa imunidade acaba como que existem várias estirpes de vírus em circulação e que a imunidade é apenas para uma estirpe.

Também a vacina não pega pode ser pela mesma razão, a existência de várias estirpes de covid-19.

Havendo várias estirpes, mesmo que agora a vacina conseguisse reduzir 99,9% dos casos, o 0,1% que representa uma estirpe minoritária vai começar a ganhar terreno. Se hoje é 0,1%, daqui a uns meses será 99,9% e o vírus terá ganho a batalha contra a vacina. 

As estirpes minoritárias podem ser mutações e "nascerem" a todo o tempo.

Erradicar a varíola foi fácil porque a imunidade é para todo o sempre e o vírus não tem mutações.


E como vai ficar a Economia?

Prevejo dias sombrios, piores que os enfrentado pelo Sócrates em finais de 2010 pelo que o Costa também não se vai aguentar.

Quando começar a ser preciso despedimentos (como os da TAP) e austeridade por não haver dinheiro (a bazuca da Europa é cada vez mais uma miragem), o Costa vai perder o riso trocista e vai-se abaixo.


0 comentários:

Publicar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code