segunda-feira, 18 de junho de 2012

As eólicas no mar são a continuação da loucura do Sócrates

Portugal é um autentico manicómio.
O Sócrates e o Guterres carregaram o país com SCUTS, eólicas, co-geração, metros de superfície, escolas e outras loucuras. Os encargos dessas loucuras traduzem-se na nossa factura da electricidade, Portugal nas SCUTS, e austeridade que nos estão a asfixiar.
Agora é a loucura das eólicas no Mar.

Isto é uma loucura total mas lá estava o Azheilmado Cavaco e o Mexia a dizer que "vamos aproveitar o vento que não custa nada".
Cada vez mais acredito que, daqui a nada, o Sócrates volta e ganha as eleições porque vivemos num autentico manicómio.



Vejamos as contas.
O vento não custa nada. Certo.
Mas a torre custou 23 milhões de euros.
23 000 000 €.
Tem uma potencia nominal de 2Mw.
Os dados dizem que, em média, existe vento para produzir entre 30% e 40% deste valor nominal.
Para uma taxa de juro de 10%/ano (é a taxa de juro de longo prazo da dívida pública portuguesa) e uma amortização em 20 anos, o custo financeiro da produção será entre

Custo financeiro = 0.320€/kwh e 0.425€/kwh
A que acrescem os custos de manutenção e distribuição.
Recordo que a Espanha nos vende electricidade a um preço na ordem dos 0.05€/kwh e que actualmente pagamos cerca de 0.15€/kwh na nossa casa.
A produção eólica, considerando apenas os custos financeiros, custa 2x e 3x o preço que actualmente pagamos na factura.

Será assim que o governo pretende tornar-nos um país rico?
O povinho aceita mais uma vez que estas loucuras nos vão salvar.
E depois vão berrar que não querem pagar.

Pedro Cosme Costa Vieira

1 comentários:

Fernando Ferreira disse...

O Pedro pergunta: "Será assim que o governo pretende tornar-nos um país rico?"
A grande falacia e' continuar-se a pensar que o governo (os politicos) tem qualquer possibilidade de tornar uma comunidade pe pessoas mais rica... Nao podem! Os unicos que eles podem tornar mais ricos sao eles mesmos e os seus amigos.
Adam Smith concluiu e muito bem que a riqueza das nacoes esta so dependente do grau de liberdade economica de que agentes economicos gozam e nao dos politicos (e economistas) que acham que sabem e podem controlar a economia.
Na realidade os politicos (e os economistas) nunca poderao ser a causa da riqueza das nacoes mas sao sempre a causa da POBREZA das nacoes.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code