sexta-feira, 17 de agosto de 2012

A brincadeira do Luisão foi mesmo uma agressão ao árbitro alemão

Os desportos evoluem com o tempo.
Em termos tácticos, primeiro era o tudo a monte e fé em Deus e, depois, foram apareceram varias tácticas como a defesa em linha,  o 4+3+3, o losango, o 5+3+2, a marcação homem-a-homem ou à área, etc.
O problema é que, além da táctica, a pulhice também tem evoluído.
Primeiro foi o pé em riste, depois a entrada de carrinho, o tacle por trás, o abrir as asas (cotoveladas) e, nos últimos tempos, apareceu o bloqueio do jogador adversário que se desmarca (sem bola) e, no caso do Luisão, apareceu o bloqueio com entrada do ombro à cabeça.

Fig. 1 - Eu sou um coitadinho, um anjinho que não faz mal a ninguém

A entrada com o ombro.
O Jesus introduziu o bloqueio na técnica de defesa do Benfica.
O bloqueio é uma falta (obstrução) mas não é agressão.
Como a bola está longe do local do bloqueio, o árbitro não vê.
Como há impunidade, o Jesus ganhou confiança e avançou dois passos.

A) Na marcação de livres, agarrar o jogador adversário exactamente até ao momento em que a bola é batida. Como a bola ainda não está em jogo, não é marcada falta (penalty).

B) Aquando do bloqueia, rodar o corpo metendo o ombro à cabeça do adversário. Esta é muito maldosa. 

Como o jogador atacado não tem a bola, o árbitro está a olhar para outro lado e não vê.
O Pinto da Costa queixa-se das técnicas de bloqueio do Jesus, mas ninguém faz nada.
Os jogadores aparece caído mas nunca ninguém vê nada.
O Jesus ri-se, diz que os adversários são fraquinho, que foi teatro e a coisa passa.
O problema é que na Alemanha, a coisa correu mal.

Será a ombrada um golpe violento?
Os do Benfica dizem que não é nada mas vejamos os desportos mais "violentos".
     É proibida no Boxe;
     É proibida no Judo;
     É proibida no Jujitsu;
     É proibida no Futebol Americano;
     É proibida no Râguebi.
Apenas é permitida nos combates de MMA - Full Contact.
Se é proibida nestes desportos "violentos", é porque é um golpe muito antidesportivo.

Fig. 2 - Hoje, esta entrada acompanhada de "Vou-te f*der", dá vermelho directo.

Como se mede a violência de um golpe na cabeça?
Pela capacidade de causar aceleração no cérebro.
Como o cérebro é quase líquido, se a cabeça abanar, o cérebro desliga-se.

Vou supor que o movimento de rotação do ombro tem uma velocidade de 5m/s.
O Luisão pesa 81 kg e um raio médio de 13cm. Pensando que o movimento apenas se aplica a 2/3 do corpo (54kg), o movimento angular será 5 x 54 x 0.13  = 36 kg.m.
A cabeça do árbitro pesa 5kg e está a 20 cm do centro do Luisão.
A aceleração da cabeça vai retirar movimento angular ao sistema:
   V x 5 x 0.2  + V x 54 x 0.13  = 36
   V   = 36 / (1 + 54 x 0.13)
   V = 4.5 m/s
A velocidade da cabeça vai acelerar de 0m/s a 4.5m/s.

O KO de um boxer profissional acontece entre 4 g e 5 g.
A vitima desmaiar vai depender do tempo de aceleração (dos 0 m/s aos 4.5 m/s finais) e da resistência da pessoa.
Se o tempo de aceleração for de 0.125 segundos (4 frames do filme), a aceleração dentro da cabeça foi de 36m/s2, 3.6g.
Com esta aceleração na cabeça, a generalidade das pessoas fica KO.

Qual foi o "erro" do árbitro?
Os árbitros portugueses já estão preparados para estes golpes.
Quando os jogadores cercam o árbitro "fazendo peito", este recua para não ficar com jogadores nas costas (ângulo cego de onde vêm os cascudos) e anulando as entradas do ombro em rotação.
Como o movimento de rotação é de curta distância, o recuo de apenas um passo já retira o árbitro do perigo.
Mas o árbitro alemão nunca pensou que em Portugal havia tamanha selvajaria. Por isso, fez frente aos jogadores mantendo imóvel com ambos os pés no chão.
Os jogadores encostaram ao árbitro que aguentou (estou persuadido que os iria expulsar se os jogadores o desequilibrassem), altura em que o Luisão entrou com o ombro em rotação atingindo a cabeça do árbitro.

O árbitro não tinha condições médicas para continuar.
Como houve perda de consciência, o que se denomina por concussão cerebral, a prática médica diz que a vitima tem que ficar 12 horas sob vigilância devendo ser feita uma RM ou uma TAC para verificar a integridade cerebral.
Claro que os portugas acham-se muito machos não precisando de nada disso. Mas depois ...

Lembram-se do Joaquim Agostinho?
Morreu de uma coisa destas.
Um cão atravessou-se à sua frente e ele caiu da bicicleta tendo desmaiou. Como recuperou quase imediatamente, montaram-no na bicicleta e ele continuou. Morreu passados 10 dias.
Além do mais, a concussão cerebral causa confusão, dor de cabeça e sonolência podendo também causar tonturas, dificuldade de concentração, esquecimento, depressão, falta de sensibilidade ou de emoções e ansiedade.
Assim, é totalmente normal que o arbitro não tivesse continuado o jogo.

Não é por os árbitros alemães ser apaneleirados.
É por na Alemanha a população ser culta conhecendo a gravidade da concussão cerebral.

Os jogadores maldosos têm que ser irradiados.
Quem quiser dar pancada tem que deixar o futebol e dedicar-se a outra modalidade.
Se olharmos para o João Pinto, ele não abre completamente a boca porque o Paulinho Santos lhe acertou com uma cotovelada. Ficou famosa a sua intervenção televisiva
 - C'um car**lo, alguém viu alguma coisa? Não se vê nada nas imagens da televisão, c'um car**lo.

Fig. 4 - O Luisão que treine para MMA-Full Contact onde pode bater à força toda (mas não ao árbitro).

Pedro Cosme Costa Vieira

1 comentários:

Sergio Pedro disse...

Estou a gostar de ver que esta a diversificar e a usar o seu conhecimento para comentar assuntos variados sempre com o mesmo tom de humor! gosto muito, Like . Não se preocupe em ter poucos comentarios aqui! Eu acho que o Pedro faz muito bom postes e bem explicados que deixam pouco espaço para discórdia honesta.Eu não gosto de fazer comentários só para dizer que gosto e tal é porreiro, só posto mesmo quando acho que tenha algo importante a dizer(eu sei não é o caso). Quebro sé a regra desta vez para lhe pedir que não pare nem se atreva a sentir "unapreciated" desculpe a expressão só porque tem poucos coments!

-Jogadores de futebol em portugal pelo que vi não passam de miudos muito mal comportados e muitos deles pelo que vi em 1ª mão, deixam muito a desejar ás boas maneiras e civismo mesmo!

Abraço Prof.

Sérgio

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Hostgator Coupon Code